quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

O custo da iluminação pública em Campos

Desde o ano de 2009, a Campos Luz desembolsa R$ 18.184.256,58 (dezoito milhões, cento e oitenta e quatro mil, duzentos e cinquenta e seis reais e cinquenta e oito centavos) por ano, para remunerar serviços terceirizados de planejamento, gestão e execução dos serviços referentes aos pontos de luz públicos e dos sistemas de potência do Município. O extrato contratual foi divulgado no dia 04/07/09 e o primeiro termo aditivo prorrogando o contrato, cujo extrato disponibilizamos abaixo, foi divulgado no dia 08/07/2010.

Em agosto de 2009, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anunciou que a iluminação pública de 65 bairros da Zona Norte, que fazem parte da chamada Área de Planejamento 3, seria terceirizada. A Secretaria da Casa Civil elaborava o edital de licitação para escolher a empresa responsável por manter e modernizar os cerca de 162 mil pontos de luz na região, e instalar os novos pontos de luz que forem necessários. O número representa 39,3% do total, que gira em torno de 412 mil, e o objetivo é dar mais agilidade às ações de reparo e aos projetos do órgão vinculado à Secretaria Municipal de Obras.

Eduardo Paes informou que o objetivo da mudança é melhorar a qualidade da iluminação e reduzir despesas. O município gastava com um ponto de luz entre R$ 9 e R$ 10 por mês, sem contar o que era repassado à Light pela energia fornecida. O município elaborou estudo que mostrou que a estimativa é de que o custo de cada ponto de luz com a gestão de uma empresa privada caía para R$ 7. O modelo desenhado para o Rio é semelhante ao implantado em outras capitais, como São Paulo, Fortaleza e Brasília, a empresa que vence a licitação recebe por ponto de luz.

Se o mesmo modelo fosse implantado em Campos para os seus 42 mil postes (confira aqui), o custo da terceirização seria de aproximadamente R$ 294 mil por mês, o equivalente a R$ 3,5 milhões por ano, isso considerando cada poste um ponto de luz. Entretanto, na melhor das hipóteses, se cada poste tivesse quatro pontos de luz, o valor mensal seria de R$ 1,1 milhão, algo em torno de R$ 14,1 milhões por ano, uma economia de aproximadamente R$ 4 milhões de reais em relação ao contratado por Campos.

Sobre os custos do modelo no Rio de Janeiro confira:

http://odia.terra.com.br/portal/rio/html/2009/8/prefeitura_vai_terceirizar_iluminacao_da_zona_norte_31648.html

http://oglobo.globo.com/rio/mat/2009/08/25/iluminacao-na-zona-norte-sera-terceirizada-767321925.asp

http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:HpAQCR2gDn8J:www.sidneyrezende.com/noticia/53132%2Bprefeitura%2Bvai%2Blancar%2Blicitacao%2Bde%2Biluminacao%2Bpublica%2Bda%2Bzona%2Bnorte+licita%C3%A7%C3%A3o+ilumina%C3%A7%C3%A3o+p%C3%BAblica+R%24&cd=12&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br&source=www.google.com.br

http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:C3OM_h34ylEJ:www.skyscrapercity.com/archive/index.php/t-797314-p-15.html+zona+norte+Rio+de+Janeiro+162+mil+pontos+de+luz+habitantes&cd=5&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br&source=www.google.com.br

6 comentários:

Herval Junior disse...

Parabéns, Cléber.
Isso demonstra que, em Campos dos Goytacazes,o "desperdício de dinheiro público" é aviltante, para não dizer outra coisa.

Anônimo disse...

A diferença é realmente impressionante. Mesmo se considerarmos que o contrato incluiu não só a manutenção dos pontos de luz, mas também a implantação e operação de um ótimo sistema informatizado de solicitação de reparos (http://www.brilhacampos.com.br). Por sinal, o sistema é excelente funciona, eu tive a oportunidade de solicitar troca de lâmpada na minha rua antes e e depois do sistema; é MUITO mais fácil solicitar, pois é só fornecer o número da plaquinha que colocaram em cada poste, então não tem erro, e realmente cumpriram o prazo de até 72 horas.
Mas nem esse sistema que me impressionou justifica esse preço. Sinceramente gostaria de esclarecimentos!

Anônimo disse...

Mais uma para o currículo da grande família.

Campista Revoltado disse...

Espero que essa caríssima luz ilumine a mente dos campistas quanto a escolha de seus representantes nas próximas eleições.

Valeria disse...

Os números são de assustar, principalmente em relação aos grandes centros. Esse casal sabe terceirizar como ninguém. O governo Mocaiber perto do governo dos GArotinhos é pinto.

Anônimo disse...

O mais entereçante disso que ate hoje depois de dois anos da cobrança dessa taça ninguem sabe qual e o montante arecadado por mês e mem o destino desse dinheiro, sera que teremos um novo vesgo na campos luz.